A equipe de Inteligência de Mercado lança novo Estudo Especial detalhando o mercado de DDG no Brasil. O projeto analisa as peculiaridades do subproduto do milho e como sua produção tem crescido nos últimos anos, fazendo com que esteja cada vez mais presente em rações animais. Além disso, apresenta projeções para a produção e a demanda potencial do DDG, apontando que o produto tem grande potencial de se desenvolver no setor de proteína animal brasileiro.

Este produto está disponível apenas sob encomenda. Por favor, entre em contato conosco em (19) 3515-2310, ou através do formulário abaixo para mais informações sobre preço e disponibilidade.

Nome*:
Sobrenome*:
Telefone:
Celular:
Empresa*:
E-mail*:
Capítulos do Estudo e Detalhamento das Análises

CAPÍTULO 1: A Produção de Etanol e DDG a partir do milho

1.1 Processo de produção de etanol a partir de milho
Demonstração da produção do biocombustível a partir do milho, caracterização de usinas dedicadas e flex

1.2 Subprodutos do etanol
Explicação sobre composição, principais usos e preços do óleo de milho e do DDG

1.3 Análise nutricional do DDG

1.3.1 Uso dos principais componentes da ração animal no Brasil
Caracterização dos principais componentes utilizados na ração animal no Brasil, análise de uso de componentes energéticos vs proteicos vs suplementos

1.3.2 Comparação de DDG com outros componentes de ração animal
Composição bromatológica – teor de proteína, fibra, gordura e digestibilidade – dos principais componentes usados na ração animal no Brasil

1.3.3 Adição potencial de DDG na ração por rebanho
Análise da adição percentual ideal de DDG na ração de aves, suínos e bovinos

1.4 O caso de sucesso dos Estados Unidos
Avaliação do mercado de etanol de milho e DDG nos Estados Unidos, caracterização do consumo de milho e de DDG nos EUA, volume exportado e principais destinos do DDG, comparação com o mercado e o potencial brasileiro

CAPÍTULO 2: Análise regional da produção de DDG

2.1 Análise regional da produção e preço de milho no Brasil
Análises de áreas de expansão da safrinha no histórico recente, comparação regional da logística, sazonalidade da produção e das exportações, estrutura de basis em diversas praças

2.2 Análise regional da produção de etanol de milho e DDG no Brasil
Histórico recente de instalação de usinas de milho no Brasil, evolução da produção de etanol de milho e de DDG por região, tendência regional para oferta no longo prazo

CAPÍTULO 3: Tendências para a demanda de DDG no Brasil

3.1 Tendência para a pecuária intensiva no Brasil
Evolução recente dos confinamentos e do mercado de carnes no Brasil, análise de custos da pecuária por nível de tecnologia, tendência de longo prazo para a pecuária intensiva brasileira

3.2 Estimativa de demanda potencial de DDG no Brasil

3.2.1 Estimativa de demanda potencial de DDG no Brasil por rebanho
Cálculo do volume estimado de consumo de DDG por aves, suínos e bovinos no Brasil

3.2.2 Estimativa de demanda potencial de DDG no Brasil por região
Cálculo do volume estimado de consumo de DDG por região do Brasil

3.3 Capacidade de exportação de DDG brasileiro
Cálculo da paridade de exportação do DDG no Brasil, análise de potenciais países-destino

CAPÍTULO 4: O Mercado Brasileiro e Global de Combustíveis e Biocombustíveis

4.1 Contexto e tendência global do setor de combustíveis
Produção de combustíveis global, correlação da demanda com crescimento econômico, evolução da participação de combustíveis renováveis na matriz mundial

4.2 Marco regulatório-político global
Evolução do Acordo de Paris, tendência dos mandatos de mistura de etanol na gasolina nos principais países

4.3 Marco regulatório-político brasileiro
Programas históricos de incentivo à produção de combustíveis renováveis, contextualização e explicação do impacto do Renovabio sobre o etanol de milho

4.4 Etanol de milho x etanol de cana: comparação de produtividade e rentabilidade
Comparação da produtividade entre os dois modelos de produção, comparação do uso de área entre milho e cana, índices de conversão das matérias-primas e tendência de produtividade das culturas

4.5 Impacto dos subprodutos sobre a margem da usina de etanol de milho
Análise de rentabilidade entre o etanol de milho e o etanol de cana considerando a venda do óleo de milho e do DDG

CAPÍTULO 5: Tendências de longo prazo para o DDG no Brasil

5.1 Projeção da produção de etanol de milho até 2030

5.2 Projeção de produção de DDG até 2030

5.3 Projeção do rebanho de aves, suínos e bovinos no Brasil até 2030

5.4 Projeção da demanda por DDG até 2030

5.5 Projeção de preços do DDG, do farelo de soja e do milho até 2030

Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn
Cart Item Removed. Undo
  • No products in the cart.