Mercado de Grãos
GRÃOS & OLEAGINOSAS
ENERGIA
AÇÚCAR & ETANOL
ALGODÃO
CAFÉ
CARNES & PECUÁRIA
FERTILIZANTES
MOEDAS
CACAU
Carolina Barboza

Carolina Barboza

Formada em Jornalismo pela PUC-Campinas. Trabalha desde 2014 na Assessoria de Imprensa da INTL FCStone do Brasil, com foco na área de comunicação e marketing.

INTL FCStone vê possibilidade de produção recorde de soja em 2018/19

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Boas condições de plantio e clima dentro da normalidade apontam boa produtividade em estados chaves, como MT e MS

Plantio de soja mais adiantado, somado às perspectivas de clima favorável, levou a INTL FCStone a projetar aumento na produção brasileira da soja na safra 2018/19, que passou de 119,34 para 120,2 milhões de toneladas nos cálculos da consultoria, variação de 0,7% – representando nível recorde, acima do alcançado no ciclo 2017/18 em 119,3 milhões de toneladas.

+Leia também: Guerra Comercial entre EUA e China estimula aumento da área de soja na América do Sul

Foram ajustadas as produtividades de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, com o rendimento médio para o Brasil ficando em 3,35 toneladas por hectare, nível ainda mais baixo que o alcançado na safra passada, e não houve alterações nos números de área plantada. Caso esse padrão favorável se mantenha, novos aumentos do rendimento, incluindo outros estados, podem ocorrer.
Em relação ao balanço de oferta e demanda, as exportações foram elevadas para 75 milhões de toneladas, diante do contexto de guerra comercial. “Esse ajuste foi possível porque a produção foi aumentada e houve um corte no número de consumo interno, já que as exportações estão muito atrativas. Caso EUA e China, cheguem a algum acordo, com o país asiático voltando a comprar soja norte-americana, esse cenário pode mudar”, explica a analista de mercado da INTL FCStone, Ana Luiza Lodi. Os estoques finais foram estimados em 670 mil toneladas.

Milho
Para a primeira safra de milho, a INTL FCStone não trouxe mudanças em sua revisão de novembro da estimativa de safra, mantendo a produção em 27,1 milhões de toneladas. Em relação ao ciclo anterior, a área plantada avançou 2,1%, alcançando 5,2 milhões de hectares.
Atualmente, a produtividade média estimada para o Brasil, na safra de verão, está em 5,22 toneladas por hectare, nível abaixo das 5,28 toneladas por hectare do ciclo passado. “Assim como observado para a soja, o plantio do milho ocorre sem maiores intercorrências e a possibilidade de ajustes de produtividade em relatórios futuros também existe”, resumiu Ana Luiza Lodi, em relatório da INTL FCStone.

Veja também

Teste já!

Experimente nossa plataforma de relatórios gratuitamente
Carrinho Item removido. Desfazer
  • Sem produtos no carrinho.