Vitor Andrioli

Vitor Andrioli

Formado em Ciências Econômicas pela UNICAMP com Mestrado em Desenvolvimento Econômico pela UFPR. Trabalha desde 2015 na Inteligência de Mercado da INTL FCStone do Brasil como analista de Câmbio e Algodão.

Plantio de trigo na Argentina deve ser estimulado por aumento nos preços

Atualmente, a atenção do mercado de trigo no Cone Sul tem se voltado para o plantio da safra Argentina para 2018/19, que deve se iniciar no próximo mês de Maio. Os bons níveis de preços e chuvas registrados ao longo das últimas semanas devem garantir a manutenção da área plantada ou, de acordo com as expectativas do mercado, até mesmo apresentar um aumento em relação ao ciclo 2017/18, que pode variar entre 5% a 10%.

Tendo em vista que na safra anterior foram plantados 5,45 milhões de hectares, as expectativas do mercado sugerem um salto para 5,7 mi a 6 mi de hectares para o ciclo 2018/19. Se confirmadas essas estimativas, a área plantada do cereal no país finalmente retornará para o seu nível médio de 6 milhões de hectares, considerando-se os últimos 20 anos.

Além das condições climáticas e da margem de lucro, os triticultores têm um estímulo a mais para plantar mais trigo no país após a seca severa na região dos Pampas ter reduzido significativamente os rendimentos das safras de milho e soja. A perda pode ser compensada com a entrada da receita da safra de trigo ainda no final deste ano, sobretudo a partir do mês de dezembro, momento em que se colhe o maior volume de trigo no país.

Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn

Veja também

Teste já!

Experimente nossa plataforma de relatórios gratuitamente
Carrinho Item removido. Desfazer
  • Sem produtos no carrinho.