Luigi Bezzon

Luigi Bezzon

Graduando em Ciências Econômicas pela ESALQ/USP, Luigi Bezzon é analista do time de Inteligência de Mercado da StoneX em Fertilizantes e Óleos Vegetais.

StoneX estimativa de avanço 6% das entregas em 2021 ante comercialização avançada

Conjuntura do mercado de grãos e comercialização antecipada de adubos impulsionam importações e perspectiva para o consumo no ano corrente

As perspectivas de uma temporada 2020/21 com safras recordes de grãos, aliadas ao forte crescimento das cotações das commodities nos últimos meses, têm gerado maior otimismo e aumento dos níveis de capitalização dos agricultores em todo o mundo, que se demonstraram mais dispostos às aplicações de fertilizantes. No Brasil, a venda de fertilizantes para as aplicações de inverno no 1º semestre e de verão no 2º semestre estão adiantas, refletindo o momento de compra dos nutrientes, apesar do elevado patamar de preços dos formulados.

Brasil | Relações de troca – soja Paranaguá (sc/t)

Fonte: StoneX.

O intenso ritmo de valorização dos fertilizantes em 2021, que levaram, por exemplo, o MAP em Paranaguá a subir 48% no primeiro bimestre, prejudicaram a relação de troca sob a ótica dos agricultores no início do ano, porém o cenário ainda se mostra abaixo da média dos últimos 5 anos para o KCl, graças ao patamar elevado dos preços das commodities, com o MAP apenas recentemente tendo ultrapassado a marca dos anos anteriores.

A pesquisa de acompanhamento das negociações de fertilizantes no Brasil, realizada pela StoneX no início de março, confirmou a tendência esperada de antecipação das compras de fertilizantes visando as próximas aplicações. Ademais, demonstrou que os agricultores estão confiantes nos rendimentos futuros das safras, indicando tendência de proteção contra possíveis novas altas nos preços dos nutrientes e oscilações cambiais.

O levantamento, que contemplou cerca de 30% da área total estimada de plantio de grãos no Brasil para a safra atual, revelou que cerca de 68% dos agricultores entrevistados já haviam finalizado entre 75% e 100% de suas aquisições de NPK para o primeiro semestre de 2021, avanço de 19 pontos percentuais ante o mesmo período na safra passada. Na média Brasil, os produtores brasileiros de grãos já concretizaram cerca de 76% dos compromissos de NPK previstos para o semestre. A região mais adiantada é o Centro-Oeste, cujos agricultores já originaram cerca de 79% dos fertilizantes para o semestre.

Comercialização de entregas para o 2ºS de 2021 (% comercializado)

Fonte e elaboração: StoneX.

No tocante à segunda metade de 2021, cerca de 43% dos compromissos previstos já foram negociados a nível nacional, sendo que no Centro-Oeste também se destaca como região mais adiantada, tendo firmado cerca de 52% das compras de fertilizantes. Tradicionalmente, o segundo semestre do ano é marcado pelo maior volume de aplicações, ante a preparação para o plantio das safras de verão, dentre as quais se destacam a soja e o milho, e adubação de cafezais e canaviais no Centro-Sul. Vale ainda ressaltar que pesquisa indicou que neste ano, as negociações para o segundo semestre estão 6 pontos percentuais mais adiantadas que no mesmo momento da safra anterior.

Neste sentido, o levantamento sinaliza uma manutenção do otimismo dos agricultores para com as adubações na temporada 20/21 da safra de inverno, destacando o milho safrinha, plantado agora no primeiro trimestre, mas também com as aplicações da safra 2021/22 de grãos, a serem iniciadas a partir de setembro. Os números corroboram para a narrativa de forte consumo no ano corrente: a StoneX atualmente estima um avanço de 6,0% das entregas em 2021, atingindo a marca de 41,80 milhões de toneladas, novo recorde para o mercado doméstico. Estimamos que em 2020 a demanda tenha avançado 8,8% ao alcançar a marca de 39,42 milhões de toneladas de NPK entregues aos produtores.

Brasil | Entregas de fertilizantes (em milhões de toneladas)

Fonte: Siacesp-ANDA e StoneX. *Projeções.

A estimativa para 2021 segue dados de comercialização avançados e fortes importações ao longo dos primeiros meses do ano. Relembramos também que os volumes comercializados antecipadamente ainda devem ser internalizados ao longo dos próximos meses, com os agricultores buscando aproveitar janelas de compras mais favoráveis ante o cenário de alta. Não obstante, o mercado se manterá atento aos desenvolvimentos da safra dos Estados Unidos e Índia a partir do segundo trimestre, buscando identificar tendências para o balanço de O&D mundial que possam impactar o âmbito doméstico.

 

 

 

Luigi Bezzon

Graduando em Ciências Econômicas pela ESALQ/USP, Luigi Bezzon é analista do time de Inteligência de Mercado da StoneX em Fertilizantes e Óleos Vegetais.

Este artigo é um exemplo dos conteúdos disponíveis para assinantes no Portal de Relatórios.

Conheça a plataforma!

Relatórios de Mercado

Mensalmente, os especialistas da StoneX produzem mais de 600 informativos sobre as principais commodities mundiais. Conheça os boletins para acompanhamento dos mercados de Grãos (soja, milho e trigo), FertilizantesAçúcar e Etanol, Algodão, Pecuária, Café, Energia, Óleos Vegetais e Câmbio.

    Quais são seus mercados de interesse?

    Açúcar & EtanolAlgodãoCâmbioEnergiaFertilizantesMilhoSojaTrigoPecuáriaCaféÓleos Vegetais

    Como soube dos boletins de mercado da StoneX?

    FacebookLinkedInInstagramWhatsAppGoogleIndicaçãoOutrosEventosE-mail