StoneX estima avanço de 5,0% das entregas de fertilizantes em 2020

Ritmo de comercialização e oferta doméstica são fatores de destaque para perspectiva de consumo recorde de adubos

A StoneX em dezembro revisou para 38,05 milhões de toneladas sua estimativa para as entregas de fertilizantes em 2020, equivalente a um avanço de 5,0% no comparativo anual. Anteriormente projetadas em 37,32 milhões de toneladas (+3,0%), a revisão do volume para o ano corrente segue forte aquecimento das importações de adubos em outubro, e indicação de contínua internalização em novembro, desviando da tendência para o quarto trimestre do ano.

Brasil | Entregas de fertilizantes (milhões de toneladas)

Fonte: Siacesp-ANDA e StoneX.

As internalizações do complexo NPK* já totalizam cerca de 25,15 milhões de toneladas (jan-out), montante 12,7% à frente do registrado no mesmo período de 2019. O ritmo de importações decorre de forte negociação na ponta do consumidor final, movimento observado desde dezembro do ano passado e refletido no indicador de comercialização de fertilizantes, conforme mencionamos anteriormente.

Neste sentido, o maior otimismo dentre os produtores de grãos, alavancado pelo fortalecimento das cotações, e mercado doméstico confortavelmente abastecido pelas expressivas internalizações ao longo dos últimos meses corroboram para estimativa de novo recorde de consumo em 2020, e avanço anual mais acentuado frente safras anteriores. Ademais, há sinalizações de que as fortes importações e ritmo de comercialização perdure nos próximos meses.

Perspectivas para 2021

O levantamento realizado em novembro pela consultoria StoneX aponta que cerca de 48% dos volumes necessários para adubação no primeiro semestre de 2021 já haviam sido fixados. O destaque novamente foi a região do Centro-Oeste, esta com cerca de 71% dos fertilizantes negociados para o período. Destacamos que a evolução dos preços dos grãos, principalmente do milho e recuperação das cotações do algodão no 3º trimestre, corroborou para o ritmo de compras dos adubos nestes estados.

Não obstante, estados tradicionais do setor canavieiro e do café demonstram volumes ainda a serem negociados, conforme produtores aguardam uma desaceleração dos preços dos fertilizantes antes de fixarem montantes remanescentes – o índice do Sudeste demonstra 27% das compras finalizadas.

Comercialização de entregas para o 2ºS de 2021 (% comercializado)

Fonte e elaboração: StoneX.

A comercialização acentuada também se observa ao analisar as necessidades para adubação no segundo semestre de 2021. O índice da StoneX revela que cerca de 24% da carteira de fertilizantes já havia sido negociada em novembro, com o Centro-Oeste também como destaque (36%). A despeito de relações de troca menos favoráveis, considerando o encarecimento dos adubos, com destaque para o MAP, os sojicultores apresentam maior otimismo quanto a investimentos em fertilização da safra 2021/22.

De tal modo, o levantamento sinaliza a possibilidade de fortes internalizações no primeiro semestre, visando entregas na segunda metade de 2021. Contudo, a contínua alta dos fertilizantes no mercado internacional elevam as relações de troca, encarecendo o custo dos agricultores, a despeito da desvalorização cambial brasileira, e deve impactar otimismo dentro os consumidores finais.

 

Este artigo é um exemplo dos conteúdos disponíveis para assinantes no Portal de Relatórios.

Conheça a plataforma!

Relatórios de Mercado

Mensalmente, os especialistas da StoneX produzem mais de 600 informativos sobre as principais commodities mundiais. Conheça os boletins para acompanhamento dos mercados de Grãos (soja, milho e trigo), FertilizantesAçúcar e Etanol, Algodão, Pecuária, Café, Energia, Óleos Vegetais e Câmbio.

    Quais são seus mercados de interesse?

    Açúcar & EtanolAlgodãoCâmbioEnergiaFertilizantesMilhoSojaTrigoPecuáriaCaféÓleos Vegetais

    Como soube dos boletins de mercado da StoneX?

    FacebookLinkedInInstagramWhatsAppGoogleIndicaçãoOutrosEventosE-mail