Vitor Andrioli
Agenda de Indicadores - Brasil (22 a 26 de outubro)
Moedas

Agenda de Indicadores – Ásia e Europa (22 a 26 de outubro)

Assim como observado na agenda americana, marcada por falas de membros do Fed, a União Europeia e o Reino Unido têm agendados para esta semana os discursos de Mario Draghi e Mark Carney, que tratarão do futuro das políticas monetárias do Banco da Inglaterra (BOE) e do Banco Central Europeu (BCE). Em suas últimas falas,…

Agenda de Indicadores - Brasil (22 a 26 de outubro)
Moedas

Agenda de Indicadores – Estados Unidos (22 a 26 de outubro)

A terceira semana de outubro deve ser pontuada por falas dos membros do Comitê de Mercado Aberto do Federal Reserve (FOMC), que comentarão sobre a última decisão de política monetária da instituição, cuja ata foi divulgada na semana passada. Entre os discursos, terá peso especial a fala do economista Richard Clarida, recém nomeado como vice-presidente…

Agenda de Indicadores - Brasil (22 a 26 de outubro)
Moedas

Agenda de Indicadores – Brasil (22 a 26 de outubro)

A penúltima semana de outubro deve ser marcada pela reta final do segundo turno das eleições presidenciais, com a divulgação de diversas pesquisas de intenção de voto. Entre os indicadores econômicos, os próximos dias reservam como destaques a publicação da prévia para os números da inflação ao consumidor de outubro, medida pelo IPCA-15, e o…

Incerteza eleitoral mantém seu peso sobre o real brasileiro
Moedas

Incerteza eleitoral mantém seu peso sobre o real brasileiro

Pesquisa Datafolha amplia chances de disputa entre Bolsonaro e Haddad no 2º turno A moeda americana voltou a registrar alta considerável na última semana, renovando suas máximas históricas em meio à divulgação dos resultados das pesquisas mais recentes de intenção de voto para presidente e de notícias negativas à campanha do candidato pró-mercado, Geraldo Alckmin.…

Pessimismo eleitoral leva dólar para perto de suas máximas históricas
Moedas

Pessimismo eleitoral leva dólar para perto de suas máximas históricas

Assim como em 2002, mercado se mostra defensivo com as perspectivas para o próximo governo e taxa de câmbio volta a oscilar acima dos R$ 4,00 Os desenvolvimentos do cenário eleitoral brasileiro exerceram pressão sobre o real por mais uma semana, impulsionando a taxa de câmbio com a moeda americana para perto de suas máximas…

IPCA de junho atinge a máxima em 23 anos, porém alta do índice deve ser pontual
Moedas

IPCA de junho atinge a máxima em 23 anos, porém alta do índice deve ser pontual

Greve dos caminhoneiros impactou o nível geral de preços, porém taxa de inflação ainda está abaixo da meta do Banco Central Como era amplamente esperado, os níveis de preços sofreram um forte choque pelo lado da oferta no último mês de junho, em decorrência direta da paralisação causada pela greve nacional dos caminhoneiros em maio.…

Plantio de trigo na Argentina deve ser estimulado por aumento nos preços
Grãos e Oleaginosas

Plantio de trigo na Argentina deve ser estimulado por aumento nos preços

Atualmente, a atenção do mercado de trigo no Cone Sul tem se voltado para o plantio da safra Argentina para 2018/19, que deve se iniciar no próximo mês de Maio. Os bons níveis de preços e chuvas registrados ao longo das últimas semanas devem garantir a manutenção da área plantada ou, de acordo com as…

paraná
Grãos e Oleaginosas

Plantio no Brasil deve ser estimulado pela alta nos preços

Nas últimas semanas, o plantio de trigo no Brasil, que ocorre entre os meses de março e agosto começou a ser definido. Certamente a decisão dos triticultores tem sido fortemente influenciada pela firme tendência de alta nos preços, observada ao longo do último trimestre. Conforme acompanhamento do CEPEA, os preços do cereal subiram 16,6% desde…

Grãos e Oleaginosas

Trigo de inverno dos EUA tem a pior avaliação de safra desde 2002

Com o trigo de inverno dos EUA se aproximando do estágio de saída da dormência em um quadro de seca severa na região das Grandes Planícies dos EUA, aumentam-se as preocupações com o estado da safra que será colhida entre os meses de junho e julho no país. Nesse contexto, o USDA difundiu as primeiras…

Otimismo com economia mundial mantém tendência de queda do dólar
Moedas

Otimismo com economia mundial mantém tendência de queda do dólar

Real segue tendência de queda mesmo com rebaixamento de nota de crédito da S&P O dólar comercial continuou em movimento de queda durante a segunda semana de janeiro, cotado a R$ 3,2062 (-0,84% na semana) na sexta-feira (5). A desvalorização do dólar confirma o cenário de otimismo com a economia internacional e acentua a valorização…

Cart Item Removed. Undo
  • No products in the cart.