Bruno Santos

Bruno Santos

Formado em Relações Internacionais pela FACAMP e cursando Economia pela mesma instituição. Trabalha desde 2021 na Inteligência de Mercado da Stonex do Brasil, com foco na área de Energia.
Este texto teve a colaboração de Leonardo Rosseti, Marina Malzoni, Rafaela Souza e Vitor Andrioli..

Qual é a relação entre o Dollar Index e os preços do petróleo?

Ao longo dos registros históricos, o mercado sempre observou uma relação inversa entre o Dollar Index, índice de medida de valor do dólar em relação a uma cesta de moedas de outras economias avançadas, que usualmente são parceiras comerciais dos Estados Unidos, e as cotações do petróleo (Brent e WTI). Tal comportamento, na realidade, pode ser observado também para os preços de outras commodities.

Relação entre Dollar Index e Brent

Fonte: CommodityNetwork Traders’ Pro.

Isso ocorre pelo fato de o dólar ser a divisa de referência para a precificação desses produtos, e por ser amplamente utilizado como meio de pagamento em transações internacionais. A moeda americana também é considerada um ativo de maior segurança e liquidez, com os agentes elevando sua demanda pela divisa em momentos de maior incerteza e aversão ao risco. Por outro lado, as commodities são consideradas ativos mais voláteis, sendo, de forma geral, favorecidas em momentos de maior apetite por risco e de perspectivas mais otimistas para o crescimento da economia global.

Diante disso, quando há uma depreciação do Dollar Index, as cotações do petróleo tendem a se valorizar no curto-prazo, dado que os demandantes passam a ter um maior poder de compra diante de uma desvalorização da moeda. Em paralelo, quando há uma alta do Dollar Index, a demanda tende a retrair, visto que o encarecimento do dólar implica na redução do poder de compra dos demandantes, o que tende a pressionar os preços do petróleo.

Ainda assim, é importante entender que o Dollar Index é apenas uma das variáveis que impactam os preços do petróleo. Desta forma, o comportamento explicado acima não pode ser entendido como uma regra para determinar o valor da commodity, dado que existem outras variáveis que podem influenciar esta relação, sobretudo os fundamentos de oferta e demanda que regem o mercado de petróleo.

 

 

Bruno Santos

Formado em Relações Internacionais pela FACAMP e cursando Economia pela mesma instituição. Trabalha desde 2021 na Inteligência de Mercado da Stonex do Brasil, com foco na área de Energia.
Este texto teve a colaboração de Leonardo Rosseti, Marina Malzoni, Rafaela Souza e Vitor Andrioli.

Este artigo é um exemplo dos conteúdos disponíveis para assinantes no Portal de Relatórios.

Conheça a plataforma!

Relatórios de Mercado

Mensalmente, os especialistas da StoneX produzem mais de 600 informativos sobre as principais commodities mundiais. Conheça os boletins para acompanhamento dos mercados de Grãos (soja, milho e trigo), FertilizantesAçúcar e Etanol, Algodão, Pecuária, Café, Energia, Óleos Vegetais e Câmbio.

    Quais são seus mercados de interesse?

    Açúcar & EtanolAlgodãoCâmbioEnergiaFertilizantesMilhoSojaTrigoPecuáriaCaféÓleos Vegetais

    Como soube dos boletins de mercado da StoneX?

    FacebookLinkedInInstagramWhatsAppGoogleIndicaçãoOutrosEventosE-mail