Fábio Rezende

Fábio Rezende

Possui graduação em Ciências Econômicas e especialização em Finanças Corporativas pela UNICAMP. Trabalha na divisão de Inteligência de Mercado da INTL FCStone do Brasil desde 2014.

ICCO eleva sutilmente estimativa de superávit para 2017/18  

A Organização Internacional do Cacau (ICCO) divulgou no último dia de agosto seu boletim trimestral de estatísticas do cacau, revelando uma expectativa ligeiramente maior para o saldo do balanço mundial de oferta e demanda da amêndoa na temporada 2017/18.

Em relação ao seu boletim de maio, a organização elevou em 58 mil toneladas sua expectativa de produção mundial de cacau para 4,645 milhões de toneladas (-2,0% de variação em relação à temporada 2016/17), e em 37 mil toneladas sua estimativa de processamento mundial de amêndoas para 4,568 milhões de toneladas (+3,9%).

O resultado disso foi uma revisão do número de saldo global de 10 mil toneladas de maio para 31 mil toneladas agora (a ICCO considera 1% de quebra sobre a estimativa de produção para cálculo do saldo). Destaca-se que esse superávit ainda é bastante pequeno, próximo da neutralidade, principalmente ao compara-lo com o saldo positivo de 296 mil toneladas da temporada anterior.

Os estoques finais da temporada ficarão em 1,757 milhão de toneladas segundo as novas estimativas da ICCO, avanço de 1,8% em relação ao ano passado. Por outro lado, a relação estoque/uso, indicador que apresenta elevadíssima correlação inversa com os preços do cacau no longo prazo, recua de 39,3% em 2016/17 para 38,5% em 2017/18, graças ao avanço do processamento. Ainda assim, o indicador teve leve aumento de 0,2 p.p. em relação ao último boletim da ICCO.

O próximo boletim da ICCO será divulgado no dia 30 de novembro, mas sua primeira estimativa para temporada 2018/19 será publicada somente no final de fevereiro do ano que vem.

Produção nos principais países

A ICCO manteve inalterada sua perspectiva de produção da Costa do Marfim em 2 milhões de toneladas, o que representa um leve recuo de 1,0% em comparação com o resultado da safra anterior. Sua expectativa para Gana, por outro lado, foi aumentada de 880 mil toneladas para 900 mil toneladas, o que ainda representa uma queda anual de 7,2% na produção. Na Indonésia, a substituição do cacau pela palma foi mais intensa que o esperado, e a ICCO reduziu sua estimativa de produção para 240 mil toneladas, contra 260 mil em maio e 280 mil em fevereiro.

 

Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn

Veja também

Teste já!

Experimente nossa plataforma de relatórios gratuitamente
Carrinho Item removido. Desfazer
  • Sem produtos no carrinho.