INTL FCStone indica expansão de 26% de área na safra 2017/18

A INTL FCStone elevou sua estimativa para a área plantada da safra 2017/18 de algodão brasileiro, passando de 1.129 (estimado em outubro de 2017) para 1.183 mil hectares, equivalente a uma variação de 26% em relação ao ciclo 2016/17.

“A revisão decorreu da perspectiva positiva dos produtores nacionais para o ano-safra, em virtude da conjuntura atual dos preços internacionais e das condições de solo e clima favoráveis durante a semeadura do algodão”, indicou a consultoria INTL FCStone em relatório nesta terça-feira (13).

Dentre os ajustes, o destaque foi o aumento de 62 mil hectares na intenção de plantio no Mato Grosso, principal produtor, que deve apresentar um avanço de 25% em relação à temporada 2016/17. “A entrada de novos cotonicultores no mercado, em virtude da maior rentabilidade da cultura perante o milho safrinha, aliada à ampliação da área cultivada por produtores antigos, foram os principais fatores para a expansão”, explicou o grupo.

Fonte dos dados: ABAPA; AGOPA; AMAPA; AMIPA; AMPASUL; APPA; Conab; IMEA; INTL FCStone

Segunda maior produtora nacional, a Bahia deve apresentar um avanço de 66,4 mil hectares em 2017/18. O aumento de 33% da área plantada decorre da produtividade recorde registrada no último ano-safra, assim como do fim da isenção do ICMS sobre a produção de algodão no Tocantins, atraindo os cotonicultores tocantinenses para o oeste baiano devido a incentivos fiscais. O mesmo implicou em uma redução da área estimada para o Tocantins, que deve apresentar queda de 42% das regiões cultivadas com algodão.

Dentre os estados com perdas de área decorrente dos atrasos na colheita da soja, Goiás se destaca pela redução de cerca de 12% em relação à estimativa da INTL FCStone de outubro, passando para 31,3 mil hectares. No entanto, a área plantada goiana ainda deve superar os 30,3 mil hectares do Mato Grosso do Sul, que sofreu contração de 8% na estimativa atual.

Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn

Veja também

Teste já!

Experimente nossa plataforma de relatórios gratuitamente

Relatórios periódicos aprofundados

Produzimos mais de 300 relatórios mensais de acompanhamento dos principais mercados globais de commodities. Veja alguns exemplos:

Para quais mercados você deseja receber notificações?*

Açúcar & EtanolAlgodãoCacauCâmbioEnergiaFertilizantesMilhoSojaTrigoPecuáriaCafé

Como ficou sabendo de nós?*

FacebookLinkedInWhatsAppIndicaçãoGoogleOutrosNewsletter

*Campos obrigatórios